Atividades do ciclo 2014

20/03/2015
COMPARTILHE

15/04/2014: GT Inaugural IDLocal Ciclo 2014.

Neste encontro inaugural da iniciativa IDLocal foi apresentado às empresas membro os objetivos do ciclo 2014, focado no tema “Proteção Integral de Crianças e Adolescentes (C-A)”.(ver Ciclo 2013 de IDLocal)

O objetivo central de IDLocal para o Ciclo de 2014, proposto e validado coletivamente pelos participantes, foi a aplicação prática das ‘Diretrizes Empresariais para Proteção Integral de Crianças e Adolescentes no contexto de Grandes Empreendimentos’, construídas com as empresas membro de 2013 e os parceiros FGV Direito SP e Childhood Brasil.

Partindo do mapa estratégico para geração de valor compartilhado – que compreende objetivos estratégicos e objetivos específicos - a equipe de IDLocal apoiou cada empresa membro na implementação de um projeto piloto, com a definição de um plano de ação específico para cada contexto empresarial.

Ainda neste encontro, contamos com especialistas nos principais temas tratados pela iniciativa ao logo do ano. Rita Ippolito, especialista em direitos humanos de C-A da Childhood Brasil, elucidou em números a realidade do abuso e exploração sexual de menores de idade no contexto das grandes obras que ocorrem Brasil afora. Esse panorama foi importante para introduzir a apresentação de Cenise Monte Vicente, sobre experiências de internalização da temática dos direitos humanos nas empresas. Cenise apontou a importância dos esforços das empresas no combate à exploração, abusos e quaisquer tipos de violação dos direitos de C-A que possam estar ligadas às operações empresariais.

Para encerrar o encontro, a Professora Antonieta E. M. de Oliveira da EAESP/FGV, especialista na ferramenta de gestão empresarial BSC (Balanced Scorecard), esquematizou importantes conceitos para empoderar os participantes sobre o uso da ferramenta e, assim, darem início de forma autônoma à construção do próprio BSC voltado à proteção integral de C-A. Durante sua apresentação, Professora Antonieta definiu conceitos e forneceu importantes sugestões para o preenchimento, gestão e formulação do BSC.

26/06/2014: 2° GT

Durante este GT, contamos com a participação da Professora Flávia Scabin, do Grupo de Pesquisa sobre Direitos Humanos e Empresas da FGV Direito SP. Ela discursou sobre as responsabilidades jurídicas das empresas na proteção integral de crianças e adolescentes (C-A), além de apresentar casos e decisões judiciais em que empresas foram responsabilizadas e indiciadas pela violação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o conjunto normativo que rege a relação da sociedade, da família e do Estado para com estes grupos. Foram apresentadas também as iniciativas internacionais que regem hoje o tema de direitos humanos e empresas, uma tendência que merece atenção do setor empresarial brasileiro.

O ganho dessa apresentação foi, segundo os participantes, a ilustração de forma objetiva e clara sobre as diversas responsabilidades jurídicas às quais as empresas estão sujeitas em tema de proteção dos direitos de C-A. Da mesma forma, os casos demonstraram aos participantes que a inclusão dessa temática na gestão empresarial já não pode mais ser considerada marginal, voluntária ou algo a ser considerado isoladamente pelos setores de sustentabilidade das empresas.

Ainda durante este encontro, cada empresa membro pode apresentar o contexto escolhido para a aplicação do BSC voltado à proteção integral de crianças e adolescentes , assim como os desafios e aprendizados internos encontrados durante o início deste exercício.

17/09/2014: 3° GT

As empresas membro foram convidadas a apresentar para todos os participantes o status da elaboração do BSC voltado à Proteção Integral de Crianças e Adolescentes (C-A). Desta forma, os participantes puderam dividir suas dúvidas, dilemas e aprendizados que apenas o processo prático de elaboração do BSC poderia ilustrar.

Além da rica troca de experiências em uma roda de conversa, as apresentações individuais serviram de base para que a Professora Antonieta E. M. de Oliveira da EAESP/FGV, especialista na ferramenta de gestão BSC, pudesse dar instruções direcionadas para cada uma das empresas que estivessem em fase de construção do próprio BSC. Esse momento foi útil para que as empresas pudessem afinar o conteúdo do BSC (objetivos estratégicos, objetivos específicos, indicadores e plano de ação), aumentando assim, a possibilidade de eficiência e sucesso da ferramenta.

Ainda durante o encontro, os participantes puderam validar o conteúdo da publicação do ‘Guia de Implementação das Diretrizes Empresariais para Proteção Integral de Crianças e Adolescentes no Contexto de Grandes Empreendimentos’, prevista para ser lançada em março de 2015.

29/10/2014: 4° GT

O último GT de IDLocal foi marcado por uma produtiva roda de conversa entre todos os participantes. Ali foram definidos os próximos passos para que o tema continue na agenda das empresas membro e, também, ideias de articulação intersetorial a fim de promover a disseminação do conhecimento gerado durante dos dois anos da iniciativa.

Os participantes irão se encontrar no evento de lançamento do ‘Guia de Implementação das Diretrizes Empresariais para Proteção Integral de Crianças e Adolescentes no Contexto de Grandes Empreendimentos’, previsto para Março 2015. O Guia abordará diversos aspectos relevantes para a construção de um BSC voltado a proteção integral de C-A e para a internalização do tema por parte das empresas. Haverá por exemplo, um capítulo com um passo-a-passo de como formular um BSC; as tendências jurídicas na responsabilização de empresas por respeito aos direitos das crianças e dos adolescentes em âmbito nacional e internacional e também, os relatos das empresas que construíram o próprio BSC voltado à proteção Integral de C-A; as metodologias empregadas, seus respectivos aprendizados, desafios e metas ligadas ao tema.

Mais lidos

Nenhum post encontrado.