Encontro discute e valida objetivos estratégicos para diretrizes empresariais na proteção integral de crianças e adolescentes

15/09/2013
COMPARTILHE

4ª oficina do Ciclo 2013 da IDLocal apresenta proposta preliminar de objetivos que orientarão a construção de diretrizes para a proteção de crianças e adolescentes no contexto de grandes empreendimentos no Brasil

GVces, 16/09/2013
Bruno Toledo

No último dia 28, a Iniciativa Desenvolvimento Local e Grandes Empreendimentos (ID Local) promoveu sua quarta oficina com representantes das empresas membro, onde discutiu-se uma proposta para os objetivos estratégicos que orientarão os produtos deste ciclo: a construção de diretrizes empresariais para a proteção integral de crianças e adolescentes, e o desenvolvimento de uma metodologia de atuação e articulação para essa proteção integral. O encontro também serviu como uma oportunidade de alinhamento dos representantes das empresas membro do projeto, após a viagem de campo feita por alguns dos participantes em junho passado à região de Altamira (PA) e a reunião conjunta dos grupos de trabalho (GTs) voltados para os dois produtos previstos para o Ciclo 2013, realizada em julho.

“Estamos no meio da nossa jornada, e por isso é importante que todos nós estejamos alinhados”, defendeu Aron Belinky, coordenador da IDLocal e do programa Desenvolvimento Local do GVces. “Na construção dessas diretrizes, começamos sistematizando aquilo que era percebido e apontando elementos que normalmente não são visíveis nesta questão, depois discutimos os papeis e responsabilidades das empresas nesse contexto, e a partir disso chegamos a uma primeira ideia de objetivos para esta ferramenta, alinhados àquilo que as empresas compreendem como valor para elas”. Essa construção de valor se desdobra em mapas estratégicos a partir da metodologia BSC (Balanced Scorecards). 

A partir do mapeamento consolidado de desafios associados à proteção integral de crianças e adolescentes no contexto de grandes empreendimentos, resultado das oficinas anteriores e também dos insumos da viagem de consulta a atores locais, em Altamira-PA, os participantes refletiram sobre a estruturação de papeis e responsabilidades atribuídas às empresas, e destacaram a necessidade de considerar o peso das empresas enquanto indutores de mudanças positivas para essa proteção.

No que diz respeito às diretrizes, a equipe do GVces, após refletir sobre todo o processo da IDLocal e aprendizados anteriores, apresentou três propostas de objetivos estratégicos como foco das diretrizes: a internalização do tema pela empresa, o preparo do território - para que instituições locais saibam lidar com as transformações relacionadas a criança e adolescentes, e a necessidade de uma agenda de proteção integral de crianças e adolescentes.

Os participantes também foram convidados a refletir sobre como as empresas poderiam colocar em prática as diretrizes a serem propostas pela IDLocal. Foram levantados alguns pontos relevantes, como a importância de investir e auxiliar na capacitação da população local, , como uma forma de facilitar a convivência entre comunidade e empresas em geral; a necessidade de articular este esforço de capacitação junto com as políticas públicas e em parceria com organizações não-governamentais (ONGs) especializadas; a capacitação dos gestores públicos, desde assessores até prefeitos, para lidar com os impactos dos empreendimentos; e a importância de agregar questões de responsabilidade socioambiental nos contratos de desempenho da média gerência das empresas, como uma forma de garantir a execução das ações de apoio à proteção integral de crianças e adolescentes.

Próximos passos

A IDLocal continuará realizando entrevistas com empresas membro e com organizações relevantes para aperfeiçoar as bases das diretrizes e da metodologia em desenvolvimento dentro do projeto. Além disso, em outubro, será promovido um seminário com a presença de representantes da sociedade civil e com especialistas para discutir os temas abordados pela iniciativa neste ciclo 2013 .

Em outubro, a 5ª oficina trará representantes do poder público para dialogar com as empresas sobre o tema e as diretrizes. Finalmente, o lançamento da publicação do Ciclo 2013 da ID Local está previsto para dezembro deste ano.

Fotos: Felipe Frezza (GVces)

Mais lidos

Nenhum post encontrado.