A importância de uma Think tank na economia de determinado país é algo muito importante a ser considerado. Neste artigo iremos explicar essa delicada e sigilosa relação de uma Think tank com o Governo.

Think tanks e economia andam de mãos dadas

Com certeza, de todos os problemas de um governo, a economia sempre é uma delas. São várias as reclamações que todos têm a respeito de como o governo controla sua economia. Sabemos que vários fatores têm uma alta influência nesse aspecto, tais como: o tipo de espectro político do governo, seus governos anteriores, e muitas outras coisas compõem esse complexo sistema.

Vários ministros reúnem-se diariamente para discutir sobre os mais variados assuntos que envolvem a economia, o que é basicamente qualquer coisa que acontece no país. Mas, por trás disso, há várias ações de Think tanks que influenciam direta ou indiretamente nessas decisões tomadas.

Vários ministros ou pessoas que trabalham para esses ministros estão diretamente ligados a uma Think tank, cuja função é coletar dados, providenciar estatísticas e artigos para ajudar a compor e tomar decisões que farão a base econômica do governo.

Todas as medidas tomadas são cuidadosamente selecionadas e estudadas. No Brasil vários ministros ligados a think tanks compõem a estrutura do setor econômico do Governo Brasileiro: afinal, qualquer decisão errada poderá ter graves consequências na economia de um país, por exemplo,

Por isso, somente os melhores e mais inteligentes profissionais de uma determinada Think tank participam diretamente de um determinado governo. Isso nos mostra que uma Think tank é uma organização séria, que pode ter uma alta influência no governo e em suas decisões tomadas e que, por isso, é importante estudar seu impacto e as pessoas que as compõem, pois essas organizações têm um impacto direto em tudo que acontece em nossa sociedade.