De uma forma direta, think tanks são organizações ou instituições que são dedicadas a difundir e criar conhecimento sobre determinados temas, tais como: temas econômicos, políticos ou científicos.

Esses conhecimentos são produzidos através de debates científicos, feitos por pessoas especializadas por meio de estudos, artigos e participações dos profissionais da área. Elas existem desde o século 19, mas depois do fim da Segunda Guerra Mundial, e durante a Guerra Fria, elas começaram a ganhar força e ficaram mais famosas.

Criar soluções para problemas que sejam de interesse público

As think tanks são voltadas para estudar problemas de interesse público, ou seja, problemas que fazem parte de nossa sociedade, onde é necessário criar uma solução para o mesmo. Um erro comum é achar que uma think tank é o mesmo que uma ONG; isso não é verdade, já que a ONG sempre estará trabalhando junto ao poder público e limita-se a determinado contexto.

As think tanks, exclusivamente, criam e ajudam a espalhar um conhecimento que seja de interesse de todos. Existem vários tipos de think tanks pelo mundo, e a maior parte delas são divididas em três tipos de categorias: governamentais, Ideológicos/causas e científico.

Também é importante salientar que uma think tank não é um lobby, pois um lobby são empresas privadas, geralmente contratadas por atores, que têm a função exclusiva de criar pressão, para que determinados políticos adotem ações e medidas que sejam de interesse próprio.

Essa credibilidade gerada pelas think tanks influencia a opinião pública, criando assim um conhecimento objetivo e científico, sem influência de política, burocracias governamentais ou algo do tipo.

Essa é uma importância vital para nossa sociedade nos dias de hoje, pessoas com conhecimento e respaldo científico que, ao se reunir de maneira espontânea e criativa, pensem em maneiras diferentes de resolver os problemas da nossa sociedade.